Todos temos uma história para contar.

   14/01/2021  |     Anna Laura

Todos nós temos histórias para contar, nossa vida é composta por elas – mas quais delas são relevantes para o seu público?

É assim que começa o Storytelling para marcas pessoais. Uma empresa tem uma data de início onde começamos a contar a história, mas por onde começar quando falamos de pessoas? O nascimento é importante? A infância? Crises existenciais da adolescência? A comida preferida, gosto musical – precisamos falar disso?

Histórias têm um poder incrível de humanizar marcas, aproximar pessoas, trazer uma comunicação mais empática – mas precisamos escolher quais contar, o que é importante para o seu público. O que você, como profissional, tem a ensinar com a sua história?

Aqui na me trabalhamos marcas pessoais e cada uma delas tem suas especificações e personalidade. A forma de contar a história é pessoal, como se o próprio profissional estivesse ali, na sua frente, abrindo as portas para você mergulhar no conhecimento e especialização dele.

A comunicação, a forma de escrever, as palavras e emojis utilizados nas legendas e respostas… Tudo é pensado de acordo com a personalidade do cliente. Vamos trazer alguns exemplos, assim fica mais fácil de entender, certo?

Vamos falar sobre Introdução Alimentar nas redes da Nutricionista que está passando exatamente por essa fase com a sua filha – uma história super relevante para o público!
Ser o único membro titular da Sociedade Brasileira de Quadril (SBQ) na região e o único especialista em Cirurgia de Quadril com certificado é algo muito importante e que o público do Dr. Marcio precisa saber.
A história da FUNDEF é um capítulo importantíssimo da trajetória do Dr. Wilson Dewes, compartilhá-la em suas redes é essencial.
O primeiro emprego para quem se tornou uma super mulher empresária é um marco importante. Esse foi o início de grandes conquistas para a Pamela.

Escolher os capítulos que vamos contar é uma tarefa que exige sensibilidade – às vezes, um gosto pessoal pode ser uma ótima conexão: “olha só, fulano curte o mesmo filme que eu”, mas também pode ser irrelevante para a sua marca pessoal. Conte com profissionais experientes para construir a sua marca e sinta o poder da sua história invadir o seu universo profissional. Vamos conversar?

Comentários

Compartilhe nas redes sociais

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.