Você está construindo a sua marca?

   03/02/2021  |     Anna Laura

Qual é o foco da sua marca? Certamente a primeira coisa que passou pela sua cabeça foi: vender! Com isso em mente, vem refletir com a Anna Laura, em seu novo artigo:

“Acredito que todos nós precisamos escolher algumas batalhas para lutar – sem elas, a vida seria muito simples e sem cor. Profissionalmente, escolhi enfrentar a batalha da defesa de uma Comunicação de qualidade para pequenas empresas. Acredito e trabalho há anos para concretizar esse propósito e uma das maiores barreiras que encontro por aí é “os pequenos empresários só estão preocupados em vender”.

Eu não concordo totalmente com essa máxima, afinal, todos os empresários, independente do porte da empresa, estão preocupados em vender. É isso que move um negócio, que gera crescimento e renda para todos os envolvidos, concorda? Ou seja: pequena ou gigantesca, todas as marcas estão preocupadas com as suas vendas. A diferença é como elas chegam até o consumidor, como se comunicam.

É aqui que mora o maior obstáculo de fato: os pequenos empresários, em sua grande maioria, acreditam que somente uma Publicidade voltada para a venda é a solução. Não há tempo ou investimento suficientes para outra abordagem. O foco está na conversão e não na construção da marca e esse pode ser o erro.

Primeiro, porque a marca é um dos pilares mais importantes de um negócio. As pessoas precisam conhecer e se relacionar com uma empresa antes de comprar dela, na grande maioria das vezes. No Marketing Digital, por exemplo, é preciso investir em conhecimento de marca, em alcançar um fluxo de possíveis interessados no que a marca tem a oferecer, em transmitir a mensagem e os valores daquele negócio com uma frequência adequada para o público. Ou seja, acredito ser muito mais efetivo conquistar uma audiência e construir um relacionamento com ela, para então levar até a conversão, do que tentar forçar uma venda para um público que nunca ouviu falar da marca. Vejo que muitos negócios estão falhando no mundo online justamente por deixar essa construção de lado.

Segundo, porque construir a marca de pequenos negócios é muito mais simples. O público e a área de abrangência normalmente são reduzidos, há uma relação estreita entre empresa e clientes atuais, as conversas são mais facilmente monitoradas, a estrutura do negócio permite ações mais dinâmicas, entre muitos outros motivos.

Fato é que as pequenas empresas estão perdendo uma grande oportunidade: elas podem ganhar, e muito, com a construção das suas marcas. O foco passa a ser conquistar um cliente e não apenas uma venda, o que é muito mais saudável e perene para um negócio, não é mesmo? Sem falar no quesito concorrência: as pequenas empresas sofrem muito com ela e ter uma marca forte cria uma diferenciação que promoção nenhuma é capaz de copiar.

Agora a pergunta é: COMO fazer essa construção de marca para um negócio pequeno? Respondo com uma palavra: Storytelling! É ao lado delas, as histórias, que continuo lutando as minhas batalhas por aqui.”

Comentários

Compartilhe nas redes sociais

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.